Política externa brasileira e ascensão da China | Programa Renascença

O Brasil historicamente se beneficia de crises do centro do sistema internacional, principalmente em cenário de disputas de hegemonia. Aconteceu com o salto industrial pós-crise de 1929, e com o II PND, do Geisel, depois da crise do petróleo de 1973. A atual disputa de protagonismo entre China e EUA poderia representar ao Brasil uma oportunidade de um novo projeto de desenvolvimento?


Para debater os ganhos que Brasil e América Latina podem ter, além de uma necessária reconstrução da política externa com a China após desgastes com a gestão Bolsonaro, a curadora e mediadora Amanda Harumy (USP) convida Monica Bruckmann (UFRJ, CLACSO), Elias Jabbour (UERJ) e Nildo Ouriques (UFSC). Assista o debate abaixo:



6 visualizações0 comentário