Instituições financeiras internacionais e a inserção brasileira | Programa Renascença

O Brasil tem trabalhado historicamente pela redefinição das relações Norte-Sul, de forma a reduzir desigualdades. Nos últimos anos, com as relações Sul-Sul, o país passou a ser visto ainda mais como um importante ator no cenário econômico mundial.


Para falar sobre essa inserção internacional do Brasil, a curadora e mediadora Ingrid Aguiar (USP) convida ao debate Bárbara Carvalho Neves (San Tiago Dantas, LANTRI/REPRI/ODR), João Márcio Mendes Pereira, (UFRRJ) e Renata Albuquerque (Labmundo, DINTE-IPEA).



BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

World Bank. (2017). World Bank Group Engagement in Upper-Middle-Income Countries: Evidence from IEG Evaluations. Washington, D.C.

Disponível em: https://openknowledge.worldbank.org/h...


Alonso, J. A., Glennie, J, & Sumner, A. (2014) Recipients and Contributors: Middle income countries and the future of development cooperation. DESA Working Paper No. 135

Disponível em: https://www.un.org/development/desa/p...


Clemens, M. A. & Kremer, M. (2016) The New Role for the World Bank. The Journal of Economic Perspectives, Vol. 30, No. 1 pp. 53-76

Disponível em: http://www.jstor.org/stable/43710010


Shelepov, A. (2017) New and Traditional Multilateral Development Banks: Current and Potential Cooperation. International Organisations Research Journal, vol. 12, no 1, pp. 127–147

Disponível em: https://iorj.hse.ru/en/2017-12-1/2042...


3 visualizações0 comentário