Como o eurocentrismo impacta na formulação de políticas internas e externas?

Com uma ótica eurocentrista, tanto a sociedade brasileira quanto o estado permitem a continuidade de um país racista, machista e classista. Como é possível melhorar a qualidade e a visão das políticas externas se internamente ainda temos problemas de empatia e igualdade social?


É a partir de questões como essa que o curador e mediador Júlio Lisboa (PPGDH/UnB), convida para uma conversa as professoras Dalila Negreiros (Universidade do Wisconsin), Kelly Quirino (UnB) e Marjorie Chaves (UnB).



BIBLIOGRAFIA SUGERIDA:

∙ AKOTIRENE, Carla. O que é interseccionalidade? São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen, 2019. ∙ ALMEIDA, Sílvio Luiz de. Racismo estrutural. São Paulo: Pólen, 2019.

∙ APPLE, Michael W. A educação pode mudar a sociedade? - São Paulo : Editora Vozes Limitada, 2017.

∙ DU BOIS, W. E. Burghardt. "The study of the Negro problems.". The Annals of the American Academy of Political and Social Science, 1898, pp. 1-23.

∙ GRADA, Kilomba. Memórias da Plantação: episódios de racismo cotidiano. Tradução Jess Oliveira. – Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

∙ HERRERA Flores, Joaquín. La reinvención de los derechos humanos. Andaluzia: Atrapasueños, 2008. Versão em português: A reinvenção dos direitos humanos. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2009.

∙ HOOKS, Bell. Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade / bell hooks; tradução de Marcelo Brandão Cipolla - São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

· MBEMBE, A. Crítica da razão negra. Lisboa: Antígona, 2014.

∙ PAIXÃO, Marcelo (2003) – Desenvolvimento Humano E Relações Raciais. Rio De Janeiro: Dp&A Relatório Do Desenvolvimento Humano (1999).

∙ PAIXÃO, Marcelo. Desigualdades Raciais Na Incidência Do Analfabetismo No Seio Da População Brasileira: Uma Leitura Empírica Baseada Nos Indicadores Do Censo 2000. Libertas, Juiz De Fora, V.4 E 5, N. Especial, P.132 - 150, Jan-Dez / 2004, Jan-Dez / 2005– Issn 1980-8518 149.

∙ SILVÉRIO, Valter. “O Papel Das Ações Afirmativas Em Contextos Racializados: Algumas Anotações Sobre O Debate Brasileiro”. In: Silva, Petronilha Beatriz Gonçalves E; Silvério, Valter Roberto (orgs.). Educação E Ações Afirmativas: Entre A Injustiça Simbólica E A Injustiça Econômica. Brasília: Inep, 2003.

∙ WATKINS, W. Social reconstruction in education: Seaching out black voices. In: Riley, K. (ed.). Social reconstruction: People, politics, perspectives. Nova York: Oxford University Press. 2006.

0 visualização0 comentário